Previsão do Tempo para 2023 - Escritor C F Scuo
Lino BregerOpiniões acerca do mundo

Previsão do Tempo para 2023

A pandemia continua a assombrar países pelo mundo afora, porém menos ameaçadoramente graças aos esforços de vacinação. Os sistemas de saúde enfrentam os desdobramentos, adequando-se como podem à nova realidade.

O Tempo em todo o país trará um clima mais quente em Janeiro. O Brasil elegeu um presidente e derrotou outro. Os militares de um século atrás ainda sonham, em conluio com empresários, fazendeiros e o crime organizado, converter o último governo em uma outra ditadura.

A disseminação de mentiras e notícias falsas continua a inundar os aparelhos eletrônicos, para lucro das empresas de tecnologia. Esperam-se ondas de calor extremas, chuvas torrenciais, ventos fortes - a possibilidade de outro ciclone bomba não está descartada.

Também há expectativa das tradicionais inundações de bairros em metrópoles ou cidades do interior. Espere-se turbulências de agora até o fim do ano.

Previsão do tempo para todo o país

Os termômetros registram no primeiro mês de 2023 algumas das temperaturas mais altas observadas nos últimos anos. Deverão permanecer cerca de 10 graus Celsius acima da média sazonal nas próximas semanas em algumas zonas do país.

Os céus reservam dias de chuvas impiedosas, repetindo tristes cenas de enchentes. Entre Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, suspeita-se que pelo menos uma delas ficará debaixo d'água no verão.

Ainda que mínima, verifica-se a probabilidade de uma seca fora de época no Centro-Oeste, Sul da Amazônia e Nordeste. Além de rebaixar os níveis de umidade do ar, a seca poderá comprometer os recursos hídricos, as centrais hidroelétricas e o abastecimento de água em alguns pontos.

Fortes turbulências persistirão em Brasília, bem como em grande parte do país. As frentes de retrocesso se fortaleceram recentemente e ocuparam espaços. O braço criminoso foi ostensivamente armado, enquanto se esvaziava a legislação e as instituições fiscalizadoras e de segurança.

Tempestades de relâmpagos ou tiros tem probabilidade elevada de se repetirem ao longo de todas as estações.

Problemas na economia


A permanência da dolarização dos combustíveis favorece a turbidez do horizonte econômico no país dependente do modo de transporte rodoviário.

Caso se restabeleça o funcionamento adequado dos órgãos do Estado de combate ao crime e de fiscalização ambiental, a previsão é da eclosão de fenômenos conflito. Caso contrário, persistirá o cenário bagunçado.

Em um mundo sob abruptas mudanças, a trajetória aponta para a normalização de condições cada vez mais variáveis, prejudicando a atração de investimentos.

Condições anormais


Devido ao aquecimento global, condições meteorológicas extremas estão cada vez mais comuns. Em todo o território, há um risco de enchentes, deslizamentos de terra e ventos fortes. Quedas de árvores em ambientes urbanos danificarão o sistema de distribuição de energia e carros particulares. No último caso, se não forem os ventos, serão chuvas de granizo.

A possível combinação de temperaturas favoráveis e empoçamento de água da chuva poderá desencadear epidemias de dengue, zika e chikungunya. Em algumas regiões do país, o encontro dessas doenças com as ondas mais recentes do coronavírus levará ao aparecimento do raro fenômeno do dengomicron, da omizika e do corokungunya.

Ondas de calor acometerão o Nordeste, ou o Centro-Oeste, ou o Norte/Sul/Sudeste. Recomenda-se o consumo de água potável, se disponível, para garantir a hidratação, além de buscar o abrigo das sombras. No litoral, ainda está para acontecer a combinação de temperatura e umidade do ar extremas.

As máximas ficarão cada vez mais máximas. As mínimas, cada vez menos mínimas.

Contudo, as formações perderão força à medida que passam, até a chegada de outra frente. Dessa forma, em muitos dias haverá céu claro, em particular, como sempre, durante o carnaval. A expectativa para este ano é de escassez, talvez até de alegria, durante o carnaval. Mas será possível, porém, respirar um pouco aliviado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

| Designed by Colorlib